Saci? Já vi um

De vez em quando ele aparece. Em frente à janela do meu escritório tem um arvoredo. Enquanto olhava a chuva mansa que caía lavando a dura seca de Brasília – depois da ventania, de raios e trovões – vi um vulto rodopiando num redemoinho  atrás das árvores, de uma para outra. Estiquei o olhar para ver direito. Num pé só, o danadinho girava muito rápido. Meio arredio, ele foi chegando… chegando… e vupt, pela janela. O susto foi grande. Era o Saci com seu gorro vermelh... Leia Mais

Comadres do sertão profundo

As amiguinhas dela vinham de longe, de detrás dos morros azuis, por estradas de chão batido, cortando veredas, com suas alpercatinhas de couro, vestidinhos floridos, um turbante na cabeça para não empoeirar os cabelos, brinquinhos dourados, e uma sombrinha para se proteger do sol escaldante. Se vestiam como todas as comadres do sertão. Os cabelos enrolados em coque, presos por um pente cravejado de pedrinhas brilhantes. Meus pais: Genésio e Mariquinha/Foto:Duda Bentes Quando cheg... Leia Mais

Lido com ela como quem lida com flores.

Ela é fofinha, macia, tem braços e colo de algodão. Gosta de silêncio, de bocejos, de sombra e água fresca, de olhar nuvens no céu azul com olhos à meia pálpebra. Lido com ela como quem lida com flores, com todo cuidado para não amassar as pétalas, não lhe causar nenhum desassossego. Tenho muito respeito por ela, por todos os momentos de harmonia que me proporciona. Durante os longos anos de convivência, não tive sequer um tico de nada a reclamar. A única preocupaç... Leia Mais

“Mais forte são os poderes do povo!”

O rádio, o telefone, são extensões da nossa boca e dos nossos ouvidos. Com eles, falamos e ouvimos. A pessoa pode estar do outro lado do mundo.A câmera, extensão dos nossos olhos. Leva nosso olhar por aí, para ver imagens até os confins do planeta.Os telescópios e os microscópios, também extensões dos nossos olhos, nos mostram galáxias, astros e seres minúsculos, partículas, quase nada.O computador, extensão do nosso cérebro, faz operações antes possíveis apenas por ele. Depo... Leia Mais

Marechal Rondon é quem devia ser o patrono das Forças Armadas brasileiras.

“Morrer, se necessário for. Matar, nunca." O Marechal Rondon disse essa frase logo após ser ferido por uma flechada de um indígena Nhambiquara. No momento do ataque, mesmo sob forte tensão, ele proibiu seus soldados que revidassem. A frase do Marechal Rondon, um militar humanista, pacifista, tornou-se lema no treinamento dos expedicionários que serviam nas dezenas de missões que comandou, de proteção aos indígenas das regiões de Mato-Grosso, da Amazônia e do Sul do Br... Leia Mais

A política tem tempo certo.

Lula faz o movimento político certo na hora certa e avança no terreno da caserna. Demite o comandante do Exército, Júlio César de Arruda, e nomeia o general Tomás Miguel Ribeiro Paiva, que comandava o II Exército. O general Tomás Paiva fez um discurso de 10 minutos numa solenidade, em São Paulo, em defesa da democracia e do resultado das eleições. O general ganhou a confiança do Presidente Lula, que está promovendo mudanças nas Forças Armadas, depois da ten... Leia Mais

Uma pancada no Fórum Econômico Mundial, na Suíça.

A ONG OXFAM apresentou um relatório bombástico sobre a desigualdade no mundo, no Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça. Porém, ações como essa não constrangem os bilionários de olhos de cifrões. Diz o relatório que nos últimos dois anos, o 1% mais rico do mundo acumulou quase duas vezes a riqueza obtida pelo restante do planeta. E apresentou proposta para resolver o problema: taxar os super-ricos com um imposto permanente anual de até 5% para o 1% mais ricos. ... Leia Mais

O Brasil está virando a página de chumbo da sua história.

A tentativa de golpe recebeu um solene “NÃO!” em plena Praça dos Três Poderes, em Brasília, bradado pelos líderes dos três poderes da República e pelos 26 governadores dos estados da Federação. De braços dados, desceram a rampa do Palácio do Planalto, atravessaram a praça e foram ver de perto os danos causados pelos inimigos da democracia ao palácio do Supremo Tribunal Federal, a principal trincheira de defesa da Constituição e do Estado Democrático de Direito. Com a ... Leia Mais

O serviço público não pode servir de abrigo para golpistas.

Investigações dos órgãos de inteligência, em curso, sobre os atos terroristas, em Brasília, estão passando um pente fino na Polícia Civil e Militar do Distrito Federal, sob intervenção. Quem prevaricou, deixou de cumprir com sua função pública, explícita na Lei e na Constituição, perdeu a confiança da sociedade e do Estado. Esse é o princípio que norteia os inquéritos e que tem respaldo nas leis e na Constituição. Servidores civis e militares que participar... Leia Mais

Salve as belas senhoras do verão de Brasília!

Verão é cio da terra. Chuva e sol, tesão no ar. Flores e frutos desabrocham, amadurecem. Bichos, árvores e plantas querem germinar, se acasalar, reproduzir. Muita luz, vibração, sedução, alegria! As pessoas se buscam, querem namorar. Em Brasília, passa-se pra lá e pra cá por suas árvores, no vai e vem da vida, mas é no verão que algumas delas dão suas graças, tingem a paisagem. Sem falar das atrevidas do Cerrado, aquelas que desafiam a seca ostentando flores de vá... Leia Mais

Veja todos os Posts